Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CONFIDENTIAL CLOSET

CONFIDENTIAL CLOSET

Accessorize Lovers

Hi girls! Ainda bem que ficaram desse lado, pois tal como prometido hoje trago um post muito giroooooo, ou melhor, com coisinhas muito giras! 

Com a minha mais recente parceria, a Accessorize, tive a oportunidade de escolher umas coisinhas. E, vocês não estão a perceber o tempo que perdi na loja para decidir aquilo que haveria de trazer. Eu gostava de tudo e estava completamente perdida!!! Eu adoro este tipo de produtos, bijuteria, óculos de sol, malas, sacos de praia, etc. Todas aquelas coisas que nós, mulheres, temos em casa mas achamos, sempre, que precisamos de mais.

Quem me conhece, já adivinha o que eu trouxe para casa não é?! Um fato de banho, óbvio! O Verão aproxima-se e quantos mais fatos de banho tiver, melhor. Sou completamente viciada e foi super dificil escolher aquele que queria trazer comigo. Mas pronto lá me decidi e trouxe ainda um vestido de praia com o mesmo padrão. Gosto muito de ir prática, gira e na moda para a praia e este género de vestidos é o ideal. Fresco, com um padrão super étnico como eu gosto, confortável e é muito giro! 

Para completar o look optei por uma pulseira para o pé, todos os Verões uso uma e, trouxe, ainda, um conjunto de aneis minimalistas porque também adoro esse tipo de coisinhas! 

Vamos às fotografias?!

IMG_3731.JPG

IMG_3528.JPG

IMG_3542.JPG

IMG_3546.JPG

IMG_3560.JPG

IMG_3561.JPG

IMG_3606.JPG

IMG_3574.JPG

IMG_3631.JPG

IMG_3736.JPG

IMG_3748.JPGIMG_3762.JPG

 IMG_3769.JPG

 

 

Já sabem, podem encontrar estes artigos giros em qualquer loja física Accessorize ou online. 

Acessorize Instagram

Accessorize Portugal Instagram

Accessorize Facebook

Accessorize Portugal Facebook

 

Beijinhos e até ao próximo post 

 

assinatura.jpg

 

 

 

 

 

 

Douro Valley

Hi girls! Hoje o tempo está mais fresco por isso nada melhor que vos mostrar a seleção de fotografias de hoje :)

Durante as minhas férias houve tempo para uma escapadela até ao Douro! Nunca tinha lá ido e fiquei completamente rendida, aquilo é super super super bonito. Transmite muita paz de espírito e a vontade de voltar é sempre imensa. 

Então por volta das 7h da manhã fizemo-nos à estrada, já estávamos em Fátima por isso o caminho até foi curto. Chegando ao Douro, mais precisamente em Peso da Régua, o objectivo era visitar vinhas e assim foi. 

Na parte da manha visitámos a Quinta do Vallado, onde a entrada foi 15€, com direito visitar as vinhas, e ver o processo dos diferentes tipo de vinho ali produzidos, desde a apanha até ao seu embarricamento. No final, uma bela duma prova de vinho! Para quem gosta de vinho é sempre uma experiência enriquecedora. Estava perto da hora de almoço e por isso fomos procurar um restaurante típico que nos vendesse bacalhau assado, porque ir ao Norte e não comer bacalhau não é ir ao Norte!

Na parte da tarde fomos procurar a Quinta do Crasto. E aqui sim, fiquei completamente rendida. Aqui as visitas são feitas por marcação e não se paga entrada. A Quinta é duma dimensão imensa, os vinhos qualidade superior, e epá fizemos a prova na casa da familia e aquilo é super giro! Uma casa super antiga mas ainda habitada. A piscins infinita só dá vontade de lá ficar e apreciar a paisagem!

Após isto fomos procurar o hotel. O hotel escolhido foi o Vila Galé em Lamego e dou nota 10! Muito acolhedor uma vista de cortar a respiração, comida top, e ainda houve tempo para uma massagem! Quando entras no hotel estás no piso mais alto, ou seja, o 4. Depois, os andares dos quartos são sempre a descer por um elevador panorâmico. Os andares são como as vinhas, separados por calcos! Muito giro! Todos os quartos têm vista para o rio. 

Na manha seguinte fomos directos ao Porto comer uma bela duma francesinha no famoso Santiago!

Vamos às fotos?!

 

IMG_3190.JPG IMG_3207.JPG

18073336_857719114365910_890739488_n.jpg

IMG_3230.JPG

IMG_3242.JPG

IMG_3244.JPG

IMG_3253.JPG

IMG_3276.JPG

IMG_3284.JPG

IMG_3285.JPG

IMG_3259.JPG

18035068_857719097699245_1982096164_n.jpg

18052947_858013501003138_2026674538_n.jpg

 

IMG_3255.JPG

IMG_3288.JPG

18053061_857719107699244_428855412_o.jpg

IMG_3272.JPG

IMG_3164.JPG

IMG_3296.JPG

IMG_3297.JPG

IMG_3298.JPG18051625_857719131032575_459492098_n.jpg

18051801_857719104365911_1424254559_n.jpg

18072448_857719134365908_1520376069_n.jpg

18072701_858013434336478_2103761998_n.jpg

18052618_858013391003149_694142231_n.jpg

18035410_858014074336414_1127361650_n.jpg

 

 

Um beijinho e até ao próximo post 

 

 

Sem Título - Cópia.png

 

 

 

 

 

 

Azores travel diary #4

Bem, este foi o nosso último dia (inteiro) passado nos Açores e, para mim, o melhor dia. Só choveu a partir das 16h por isso conseguimos aproveitar bem o dia.

Saímos bem cedo em direção à Lagoa das Sete Cidades e chegando lá... Fiquei sem respiração! A Natureza é, de facto, uma cena brutal. Estava sol, por isso, foi-nos dado o privilégio de vermos as lagoas tal e qual como elas são: uma verde e outra azul. Sem filtros! Claro que, o hotel abandonado foi sítio de passagem, mas é muito assustador para pessoas medricas como eu!

Estava um frio de rachar lá em cima mas com aquela vista nada disso importava. Depois de umas 2675 fotografias decidimos ir até lá baixo, passando pela Lagoa de Santiago. Lá em baixo, outras tantas 876 fotos e fomos rumo à Lagoa do Canário, esqueçam, o nevoeiro já se tinha apoderado de tudo por isso nada feito. 

Fomos para o carro e procurámos as termas da ferraria. Água clarinha por demais junto às rochas, mas estava frio, o mar estava bravo e as termas naturais fechadas, pois tinha havido uma derrocada há poucos dias. 

Ainda era meio dia e pouco por isso pensámos: é agora ou nunca! E fomos direitos à Associação Agrícola, para almoçar, em Rabo de Peixe. Esperamos cerca de uns 45min por mesa mas valeu cada segundo! Comi o melhor bife em toda a minha vida e desenganem-se que se, por o restaurante se chamar associação, pensam que aquilo é um tasco! É um restaurante muito bem parecido, com excelente atendimento e bem frequentado. Há preços para todas as carteiras!

Saindo dali fomos fazer a digestão para o Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões. Se há coisas bonitas este sítio é uma delas, a natureza é algo surreal, mesmo!

Percorremos aquilo de uma ponta à outra, estava exausta, eis que: começa a chover! Timing perfeito para ir para o Parque Terra Nostra. Termas de àgua a 39º, chuva torrencial, final de tarde top! Acabámos por conhecer uns 6 açoreanos bem porreiros e fomos todos jantar à Quinta dos Açores, um restaurante bastante conhecido, muito barato e com uns crepes "OH MEU DEUS"!

Prontas para as fotografias?!

 

IMG_2645.JPG

 

IMG_2672.JPG

 

IMG_2685.JPG

 

IMG_2692.JPG18009063_855333094604512_642132352_n.jpg

IMG_2730.JPG

IMG_2731.JPG

collage.png

IMG_2782.JPG

17976012_855354794602342_724321696_o.jpgIMG_2842.JPG

IMG_2859.JPG

IMG_2895.JPG

collagehh.png

18009280_855333107937844_389419693_n.jpg

 

 

 Beijinhos e até ao próximo post girls, com novidades a caminho ihih

 

Sem Título - Cópia.png

 

 

 

 

 

 

Azores travel diary #3

Olá meninas, hoje trago-vos mais uma seleção de fotografias tiradas nos Açores!

Pois é, neste nosso segundo dia, acordámos bem cedinho para irmos tomar o pequeno almoço e conseguirmos aproveitar bem o dia. Mas... Planos furados, querem saber porquê?! Então cá vai, saímos ainda não eram 9h do Hotel, direitos à Lagoa do Fogo. Estava um mau tempo horrível, chovia torrencialmente e estava um nevoeiro muito acentuado. Para ir até à Lagoa é sempre a subir, a estrada é super estreita e muito assustadora. Agora imaginem com chuva e nevoeiro que não se vê um palmo à nossa frente, mas como já tinhamos começado a subir não dava para voltar para trás. Óbvio que quando chegámos lá em cima a única coisa que vimos foi: NADA! Desilusão, toca a descer tudo. Na descida paramos pela conhecida caldeira velha, mas só abria as 10h da manha e estava a chover e eu já estava com um mau humor impossível a pensar que tinha as minhas mini-férias arruinadas. Então fomos embora. 

O meu homem tudo o que vê, tudo o que quer tirar uma foto. Imaginem a minha paciência, super irritada e ele via uma "formiga" e queria fotografar, tudo o que havia placas de miradouros ele queria parar o carro. Até que lhe fiz a vontade e saí do carro no Miradouro de Santa Iria! E que bem que fiz, porque aquilo tem uma vista brutal. Mas esqueçam estava um frio de rachar, eu sem casaco, estiquei o cabelo para nada, pois com aquela chuva toda já estão a imaginar... Girls Dramas! Só me queria enfiar numa banheira de àgua quente. Mas pronto. 

De seguida, a chuva aliviou um pouco e fomos até à Lagoa do Congro, nesta o nevoeiro não era problema, porque íamos mesmo até lá em baixo à Lagoa. Bem, vocês não estão a perceber o quão longe isto fica e o percurso que é feito a pé no meio do mato, demais! Levem sapatilhas confortáveis e de preferência que não derrapem! No caminho de regresso para cima começou a chover imenso mas desta vez sem parar. O que pensámos nós?!

Vamos para as termas e que se lixe o resto. E assim foi, fomos para a Poça Dona Beija, água a 39º, chovia torrencialmente e nós dentro de água! Brutal, uma sensação espetacular e quem vive lá disse-nos que tivemos uma alta sorte em ter apanhado chuva, porque as termas com chuva são a melhor coisa que há. E eu toda chateada que estava farta de chuva :p A entrada são apenas 2€ por pessoa, se não estou em erro!

Da parte da tarde, fomos ver a Ermida Nossa Senhora da Paz, em Vila Franca do Campo e voltámos para o hotel. Estávamos mortos por isso nada melhor que um "room service"!

Prontas para as fotos?!

 

IMG_2415.JPG 

IMG_2419.JPG

IMG_2501.JPG

IMG_2513.JPG17888192_849807841823704_402693855_n.jpg

IMG_2572.JPG

IMG_2575.JPGIMG_2607.JPG

IMG_2617.JPG

17888465_849807838490371_926716184_n.jpg

 

Beijinhos e até ao próximo post

 

Sem Título - Cópia.png

 

 

 

 

 

 

Healthy Alert

Hi girls! Se és daquelas que dieta não é uma fase e que gostas de manter uma alimentação saudável e equilibrada, sem cortes abusados ou gorduras excessivas, este post é para ti!

De há uns tempos para cá, tenho vindo a melhorar a minha alimentação, numa primeira instância foi para perder aqueles quilinhos que tinha a mais com a ajuda de exercício físico, no entanto, neste momento já a mantenho porque me sinto muito melhor assim, a vários níveis. Sinto que me sinto mais saudável, não ingiro gorduras maliciosa, fritos desnecessários, a minha barriga perdeu o inchaço habitual, a pele está mais luminosa, a celulite vai diminuindo, os intestinos trabalham muito melhor, eu sofria bastante de dores de estômago e esta alimentação também foi uma ajuda, entre outros aspectos. 

Claro que, de vez em quando, como as minhas torradas com manteiga, os meus doces, pois sou louca por eles, quem me tira os doces tira-me tudo, bebo uns copos com os amigos, molho o pão no molho da comida, como batatas fritas e hamburguers, como pizza, etc. No entanto, isso é tudo regrado e com moderação.

No meu dia a dia, troquei o pão normal por pão de cereais, troquei o leite de vaca por leite de soja, arroz, aveia ou amêndoa, troquei os cereais por granola, como bastante fruta e legumes, coisa que não acontecia, bebo àgua em vez de sumos, troquei as minhas tostas a meio da tarde por barrinhas de frutos secos ou aveia, troquei iogurtes por gelatina, entre muitas outras coisas. Confesso que me sinto bem melhor e para mim já se tornou um hábito!

E sim, como batatas, arroz e massa, pois são hidratos de carbono necessários ao nosso corpo e mente para podermos viver de forma saudável e equilibarada. 

Isto tudo foi-se dando aos poucos com uma grande ajuda de uma amiga nutricionista, todos os dias me ia dando dicas que ao longo do tempo notamos que aprendemos muito e melhoramos os nosso hábitos. 

Deixo o Instagram dela aqui! Tem coisas muito boas, dicas, receitas, várias opções de snacks e muito mais. Vejam e sigam, vão ver que vão gostar :D

 

Agora deixo-vos uma foto de um dos meus pequenos almoços:

17797779_846858615451960_784532371_o.jpg

Isto contém iogurte de aveia da marca Alpro, com 2 morangos, 1 kiwi, manteiga de amendoim, côco ralado e... Granola caseira! Sim, porque esta granola para além de ser economicamente mais rentável, é livre de gorduras desnecessárias, super deliciosa e fácil de fazer. A receita foi da minha amiga e Nutri Andreia Pais e podem ver a mesma aqui

 

 

Beijinhos e marcamos encontro no próximo post girls!

 

Sem Título - Cópia.png

 

 

 

 

Azores travel diary #2

Bem, hoje estou por aqui para vos mostrar o meu primeiro dia pelos Açores.

O avião aterrou por volta das 14:30h, por isso foi buscar a bagagem, ir buscar um mapa ao posto turístico e levantar o carro que tinhamos alugado!

Fomos directos ao hotel fazer check-in, deixámos as coisas e seguimos caminho. Apesar de estar cansada, sem maquilhagem e com vontade de me enfiar num jacuzzi, lá fomos! O tempo era curto por isso desperdiça-lo não era opção! 

Optámos, nesta tarde, por ir logo visitar as coisas que iríamos perder mais tempo, como a plantação de ananáses, a fábrica de chá e uma fábrica de licores tradicionais.

A fábrica de ananáses é uma visita super rápida, as estufas são pequenas, e nem todas estão abertas para visita. Não se paga entrada e tem uma loja com produtos à venda. Os produtos são todos bastante caros, nós pagámos por uma garrafa de 30ml e um pote de compota 24€ -.- Lá conseguimos ver o processo de formação dos famosos ananáses dos Açores, desde a sua plantação ao seu recolhimento. Tivemos sorte, pois estava lá um trabalhador e deu-nos um ananás para trazermos ahah 

Seguimos caminho para procurar a Fábrica de Licores - Mulher de Capote, esqueçam levámos tanto tempo a encontrar aquilo que nem vos passa! A fábrica por fora é super gira, no entanto lá dentro não se vê processo nenhum, não se pode tirar fotografias, e apenas temos acesso a uma sala onde se faz a prova de alguns licores e onde têm bebida à venda. O rapaz da fábrica durante a visita explica como se formou a fábrica e a história da mesma e dos seus produtos. Aqui, comprámos algumas garrafas, não fosse o meu homem barman! O licor de arroz doce servido com canela é super bom :D

Para finalizar a tarde fomos visitar a famosa fábrica de chá Gorreana! Ali sim, vemos a plantação, vemos as maquinarias necessárias para fazer o chá e se visitada no dia certo conseguimos ver como se faz o mesmo (óbvio que, com a sorte que temos, chegamos cedo, pois só no dia a seguir é que o iam fazer, tinham acabado de fazer a apanha quando chegámos), durante a visita têm chá para dar aos visitantes, e à saída tem uma loja a vender. Claro que trouxe chá! Verde e preto, são uma delícia :D

Bem, chega de conversa, vamos às fotografias!

 

IMG_2317.JPGIMG_2305.JPG

IMG_2324.JPG

IMG_2339.JPG

IMG_2384.JPG

IMG_2361.JPG

IMG_2362.JPG

 

Beijinhos e até ao próximo ♥

 

Sem Título - Cópia.png